BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

HISTÓRICO: Primeiro Livro dos Macabeus (1Mc), capítulo 2 |
1A REVOLTA DE MATATIAS - LAMENTAÇÃO DO SACERDOTE MATATIAS
Naqueles dias surgiu Matatias, filho de João, filho de Simeão, sacerdote da descendência de Joarib, o qual saiu de Jerusalém para estabelecer-se em Modin.
2Ele tinha cinco filhos: João, cognominado Gadi;
3Simão, chamado Tasi;
4Judas, conhecido como o Macabeu;
5Eleazar, chamado Auarã, e Jônatas, chamado Afus.
6Vendo as blasfêmias que se cometiam em Judá e em Jerusalém,
7Matatias disse: “Ai de mim! Para quê fui nascer, para ver a ruína do meu povo e a destruição da cidade santa? Todos ficaram sem ação, enquanto ela era entregue às mãos dos inimigos e o Santuário, às mãos dos estrangeiros!
8Seu templo tornou-se como um homem desonrado;
9os adornos da sua glória foram levados como presa de guerra; seus jovens, mortos pela espada dos inimigos!
10Que nação não herdou parte do seu reino e não se apoderou dos seus despojos?
11Todos os seus enfeites foram roubados; aquela que era livre, tornou-se escrava.
12Vede: o nosso Santuário, nossa beleza e nosso orgulho. está devastado, profanado pelas nações!
13Para quê ainda viver?”
14Matatias rasgou suas vestes, e seus filhos com ele. Cobriram-se com panos de saco e choraram amargamente.
15O SACRIFÍCIO DE MODIN
Os funcionários do rei, que vinham da parte dele para obrigar à apostasia, chegaram a Modin para os sacrifícios,
16e muitos de Israel aderiram a eles. Matatias e seus filhos também compareceram.
17Os que vieram da parte do rei disseram a Matatias: “Tu és um chefe ilustre e grande nesta cidade, apoiado por filhos e parentes.
18Toma, pois, a dianteira e cumpre a ordem do rei, como fizeram todas as nações e os cidadãos de Judá e os que permaneceram em Jerusalém. Assim sereis contados, tu e teus filhos, entre os amigos do rei, e sereis recompensados, tu e teus filhos, com ouro e prata e numerosos presentes.
19Matatias replicou, em voz alta: “Mesmo que todas as nações que moram nos domínios do rei obedeçam à sua ordem, afastando-se cada uma da tradição de seus antepassados para se conformarem às determinações do rei,
20eu, meus filhos e parentes continuaremos fiéis à aliança dos nossos pais.
21Que o Senhor nos seja propício, para que não abandonemos a Lei e nossas tradições.
22Não obedeceremos às ordens do rei, desviando-nos da nossa religião nem para a direita nem para a esquerda.
23Mal acabara ele de dizer essas palavras, um judeu adiantou-se, à vista de todos, para sacrificar sobre o altar de Modin, segundo a ordem do rei.
24Vendo isso, Matatias inflamou-se de zelo e tremeu de raiva: num impulso de ira santa, avançou sobre o apóstata e trucidou-o sobre o altar.
25Matou também o funcionário do rei, que obrigava a sacrificar, e destruiu o altar.
26Agiu assim pelo zelo da Lei, como fez Finéias a Zambri, o filho de Salom.
27Imediatamente Matatias saiu gritando pela cidade: “Todo aquele que tem o zelo da Lei e quer permanecer na Aliança, saia daqui e me siga!”
28Fugiu, então, ele e seus filhos, para as montanhas, deixando na cidade tudo o que possuíam.
29MATATIAS NO DESERTO. PROVAÇÕES E ÊXITO
Muitos, que buscavam a justiça e o direito, desceram para o deserto e aí se estabeleceram,
30eles, seus filhos, suas mulheres e seus rebanhos. Agravou-se o sofrimento deles.
31Foi denunciado, aos oficiais do rei e à guarnição que estava em Jerusalém, na cidade de Davi, que alguns tinham rejeitado o decreto real e haviam descido para esconderijos no deserto.
32Muitos desses homens do rei correram atrás deles e os alcançaram. Acamparam junto deles e prepararam-se para atacá-los em dia de sábado.
33Disseram, pois, a eles: “Agora, basta! Saí, obedecei à ordem do rei, e tereis a vida salva!”
34Os judeus responderam: “Não sairemos, nem tampouco obedeceremos à ordem do rei, profanando o dia de sábado!”
35Começou então o ataque.
36Eles, porém, não reagiram, não atiraram uma única pedra, nem mesmo fecharam a entrada dos seus esconderijos.
37Disseram apenas: “Morramos todos em nossa integridade. O céu e a terra são testemunhas de que nos matais injustamente!”
38Assim mesmo, os homens do rei os atacaram naquele sábado. E eles morreram, com suas mulheres, seus filhos e seus rebanhos, cerca de mil pessoas.
39Quando souberam do que acontecera, Matatias e seus amigos choraram amargamente por eles.
40Comentaram, porém, entre si: “Se todos fizermos como fizeram os nossos irmãos, e não lutarmos contra as nações por nossas vidas e por nossas tradições, eles em breve nos eliminarão da face da terra”.
41Tomaram, por isso, a seguinte decisão: “Se alguém vier atacar-nos em dia de sábado, nós o enfrentaremos! Assim não morreremos todos, como morreram nossos irmãos em seus esconderijos”.
42Uniu- se então a eles o grupo dos hassideus, homens corajosos de Israel, todos apegados à Lei.
43Enfim, todos os que queriam escapar de tais males vieram unir-se a eles, reforçando o seu movimento.
44Assim organizaram um exército e começaram, na sua ira, a bater os pecadores e, no seu furor, a golpear os ímpios. Os outros fugiram, procurando refúgio entre as nações.
45Matatias e seus amigos fizeram incursões pelo país, destruindo os altares
46e circuncidando à força os meninos incircuncisos que encontraram no território de Israel.
47Assim perseguiram esses soberbos, e sua campanha começou a alcançar sucesso.
48Defenderam a Lei diante da prepotência das nações e dos reis, e não deixaram os pecadores levantar-se.
49TESTAMENTO E MORTE DE MATATIAS
Entretanto, aproximava-se a morte de Matatias. Ele falou aos filhos: “Agora estão prevalecendo a soberba e o castigo, é o tempo da ruína e da explosão da cólera.
50Portanto, meus filhos, sede zelosos em cumprir a Lei e empenhai vossas vidas pela Aliança dos vossos pais.
51Lembrai-vos dos feitos dos nossos antepassados, do que eles fizeram em suas gerações, e ganhareis glória imensa e renome eterno.
52Acaso Abraão não foi fiel na prova e, por isso, considerado justo?
53José, submetido à angústia, guardou o mandamento e tornou- se senhor do Egito!
54Finéias, nosso pai, abrasado no zelo de Deus, recebeu o testamento de um sacerdócio eterno.
55Josué, cumprindo a palavra do Senhor, tornou-se juiz em Israel.
56Caleb, dando testemunho na assembléia do povo, tomou parte na herança.
57Davi, pela sua bondade, conseguiu o trono de rei para sempre.
58Elias, cheio de zelo pela Lei, foi arrebatado para o céu.
59Ananias, Asarias e Misael, por terem crido, foram libertados das chamas.
60Daniel, pela sua integridade, foi libertado da boca dos leões.
61E assim, repassando geração por geração, compreendei que jamais desfalecerão os que esperam em Deus!
62Não temais as ameaças dos pecadores, pois sua glória está no esterco e nos vermes:
63hoje se exaltam e amanhã desaparecem, pois voltaram ao pó de onde vieram, e seu projeto fracassará.
64Meus filhos, sede fortes e agi valentemente segundo a Lei, pois nela sereis gloriosos!
65Aí está Simão, vosso irmão, que é um homem ponderado: obedecei sempre a ele, como a vosso pai.
66Judas Macabeu, valente desde moço, vai ser o vosso comandante: ele dirigirá a guerra do povo.
67Atraí, para vós, todos os cumpridores da Lei e assegurai a desforra do vosso povo.
68Retribuí aos gentios aquilo que vos fizeram, observando sempre os preceitos da Lei”.
69Depois de os ter abençoado, Matatias reuniu-se aos seus antepassados.
70Morreu no ano cento e quarenta e seis e foi sepultado no sepulcro da família, em Modin. Todo Israel o pranteou com grande lamentação.

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online