APOLOGéTICA (1256)'
     ||  Início  ->  
Artigo

2 Pedro 1, 20

 

1. Sola Scriptura x S. Pedro e S. Paulo

2. Intercessão x Adoração

3. Pérolas Evangélicas Virtuais

 

1. Sola Scriptura x S. Pedro e S. Paulo

 

S. Pedro (2Pd 1,20):

(16) Pois não foi seguindo fábulas habilmente inventadas que vos demos a conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, mas sim, por termos sido testemunhas oculares da sua grandeza.

(20) Pois deveis saber, antes de tudo, que nenhuma profecia da Escritura é objeto de explicação pessoal,

(21) visto que jamais uma profecia foi proferida por vontade humana. Ao contrário, foi sob o impulso do Espírito Santo que pessoas humanas falaram da parte de Deus.

 

(2Pd 3,16): "Nas quais (cartas de S. Paulo) há algumas coisas difíceis, que os indoutos e inconstantes adulteram , como fazem com outras escrituras, para própria perdição".

 

Estas são passagens importantes, mas não tão fáceis de entender.

 

Pedro proíbe a interpretação particular sim, ao salientar que da mesma forma como o conteúdo das escrituras teve origem na inspiração do Espírito Santo e não é invenção humana, o leitor também precisa ouvir o TESTEMUNHO dos apóstolos que se faz ouvir pela Igreja Apostólica para assim poder entender e não sair interpretando por conta própria.

 

1Tm 3 (15) "Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade".

Assim, S. Paulo confirma Pedro, ao dizer que "a Igreja (apostólica) é a coluna e o sustentáculo da verdade".

 

Do Antigo Testamento S. Paulo diz  “Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça.”  (2Tm 3,16) que é útil para ensinar e confirmar as profecias sobre o Messias pelo testemunho dos apóstolos e da Igreja. O irônico é que em 2 Tm 3,14-17 Paulo fala do AT já que o NT ainda sequer existia. Logo, se estivesse a defender o sola scriptura nessa passagem, estaria rejeitando todo o Novo Testamento!

 

Vamos insistir. Disse S. Paulo:

1Cor 12: "Vós todos sois o corpo de Cristo e, individualmente, sois membros desse corpo. Assim, NA IGREJA, Deus estabeleceu, PRIMEIRO, OS APÓSTOLOS; segundo, os profetas; terceiro, os que ensinam; depois, dons diversos: milagres, cura, beneficência, administração, diversidade de línguas. "

 

"NA Igreja, primeiro os apóstolos". Deu pra ler direito?

Ou seja: ----> Existe UMA Igreja Corpo de Cristo e, nessa Igreja, EXISTE uma hierarquia. <---

 

Cristo concedeu a essa Igreja sua autoridade divina, usando os apóstolos e Pedro como líder. Por isso disse explicitamente a Pedro: "TE DAREI AS CHAVES DO REINO dos CÉUS ...", onde chave significa poder e autoridade divinos. Por isso também ordenou explicitamente a Pedro: “apascenta e confirma minhas ovelhas”.

 

Isso não significa que Pedro nunca pecaria. Significa que a IGREJA de Cristo nunca será vencida pelas portas do inferno, como Cristo prometeu.

 

Agora, qual é o sustentáculo da verdade do protestantismo?

Seu próprio umbigo, pois ele troca o testemunho da Igreja pela Bíblia como sendo a única regra de fé do cristão... (sola scriptura adotada por Lutero) que ele lê e entende como quer, contrariando Pedro e Paulo.

 

O sola scriptura, fundamento do castelo protestante?

Nem na Bíblia está, refuta a si mesmo! É uma mentira.

 

Revelação = Igreja + Bíblia.

Revelação = tradição oral + tradição escrita.

Quem vê um lado só é caolho, não enxerga direito e cai no buraco.

 

Bíblia SEM Igreja é só papel que cada lunático interpreta como deseja deturpando as escrituras para a própria condenação. (*1)

Bíblia COM Igreja é palavra de Deus que aponta para o caminho, a verdade e a vida que é Jesus Cristo, Nosso Senhor.

 

*1 Isto se deduz pela lógica:

Se dois protestantes de duas denominações diversas interpretarem a mesma passagem diferentemente, quem estará certo? Não há autoridade para resolver o impasse.

Ora, cada denominação afirma que sua interpretação é a correta em detrimento das demais, fazendo-se de autoridade final.

Mas... isso contraria o sola scriptura que exige ser a Bíblia a única autoridade!

 

-0-0-

 

2. Intercessão x Adoração

 

Quem é que em pleno séc. 21 vai adorar um gesso ou um pedaço de pau?

Vamos explicar pela enésima vez:

 

2.1) INTERCESSÃO: orar um por outro ou juntos por uma MESMA causa ao MESMO Deus.

O que tem isso a ver como idolatria?

Nada.

 

Toda imagem é um ídolo?

Não.

 

A Igreja coloca os santos no lugar de Deus?

Não.

 

O que proíbe o AT, ídolos ou imagens?

Ídolos.

 

Morto está dormindo?

Não, pois no Apocalipse tem "morto" cantando, orando e louvando a Deus antes da ressurreição.

 

Então não entendo essa obsessão anticatólica.

 

Por que os santos incomodam tanto aos protestantes?

Por que protestantes atacam tantos os santos? Por que essa obsessão?

O que fizeram eles de tão errado??

São deuses? Não.

São ídolos? Não.

São adorados? Não.

São amados? Sim.

São bons exemplos? Sim.

Na Missa fala-se de santos?

Não. Ela é 100% cristocêntrica.

 

Então qual é o maldito problema??

 

Ah... porque como cristãos de vida inquestionável eles são o exemplo perfeito do que é ser cristão E católico.

 

A Igreja há 2015 anos ensina que Jesus é o ÚNICO mediador da REDENÇÃO, pois só Ele pôde abrir a porta dos céus, fechada desde o pecado original.

 

E isso também não tem nada a ver com intercessão.

Tem a ver com Lutero e seus "solas" que nem na Bíblia estão, embora os "infalíveis bibliólatras" jurem seguir fielmente as escrituras.

 

Católico obedece a S. Paulo que diz ser a "Igreja (apostólica) a coluna e o sustentáculo da verdade".

Protestante obedece a Lutero, que diz ter Jesus Cristo fornicado com Maria Madalena (Lutero, Tischredden, Conversas à Mesa, No 1472, edição de Weimar).

 

2.2) Adoração

 

No contexto judaico-cristão adorar a Deus estava ligado a um ritual onde eram oferecidos sacrifícios num templo e sobre um altar por meio de um sacerdote assim reconhecido pelas leis religiosas.

 

Após Jesus Cristo a verdadeira adoração a Deus conforme o contexto judaico-cristão passou a ser na Missa da Igreja Católica e Apostólica, onde temos um templo, um altar, um sacerdote autêntico e uma oferta perfeita para sacrifício, o próprio Jesus pão da vida PRESENTE na Eucaristia onde Deus faz, de si mesmo, a solução do pecado original.

 

Já nos cultos protestantes não há nada, a ceia é um teatro, e não há pão da vida, nem templo, nem altar, nem sacerdote, nem oferta... NADA. Só um q-suco amarelado numa ceia simbólica de mentirinha.

 

-0-0-

 

3. Pérolas Evangélicas Virtuais

 

Afirmações copiadas de diálogos e debates reais ocorridos nas redes sociais virtuais.

 

"Papai Noel foi criado pela ICAR".

 

"Foram os soladados da Igreja Romana que crucificaram Jesus".

 

"Católico não lê a Bíblia".

 

"Os santos são hereges."

 

"Se Maria é mãe de Deus, não teria nascido antes dele?"

 

"Porque as Escrituras precisam ser comprovadas?"

 

"Todo mundo sabe que a Bíblia é palavra de Deus".

 

"A Igreja Católica proíbe camisinha. Que falta de amor ao próximo!"

 

"Meu entendimento das escrituras é infalível porque o espírito santo me ilumina."

 

"Maria foi uma mulher como outra qualquer".

 

"A ICAR é que matava quem afirmasse que a Terra é redonda né..."

 

"É bom que assim seja, várias igrejas, todos buscando a deus cada um do seu jeito"

 

"Um boneco achado no rio não tem poder"

 

"Santo Agostinho era um tolo assim como você (católico)."

 

"ICAR, a que matou, torturou, estuprou milhões e milhões em nome de Deus"

 

"A própria Bíblia se explica"

 

"Todo católico é um idólatra"

 

"Maria é deusa suprema da igreja".

 

"A Bíblia é interpretada por si só"

 

"Nos evangélico defende a excritura sagradas"

 

"Todos os católicos possuem pouco conhecimento das Escrituras e de História!"

 

"Catolicos é igual a macumbeiro, odeia quem foi lavado e remido no sangue do cordeiro"

 

"kkkkkkkk"

 

"Prefiro morrer e ir direto para o inferno do que ser católico".

 

Nem precisa comentar. É uma fé irracional que refuta a si mesma.

Essas pessoas não aprenderam a amar a Jesus, aprenderam a negar a Igreja Católica e Apostólica.

A Igreja diz sim, o infalível protestante entendedor de “bíbria” diz não.

A Igreja diz não, ele diz sim.

Esse é o resumo do protestantismo tupiniquim.

 

A salvação de muitos depende da oração de poucos.

 

Quem diz amar a Jesus, mas divide o Corpo de Cristo, não diz a verdade. E com a medida que medirdes, sereis medidos.

 

Voltar ao topo.

 

Claudio Maria


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)